Jovem de Nova Iguaçu é selecionado em programa para intercâmbio nos EUA

Jovem de Nova Iguaçu é selecionado em programa para intercâmbio nos EUA

O sonho de fazer a faculdade de Biologia nos Estados Unidos pode estar mais perto para o estudante Daniel de Fúcio Fernandes, de 18 anos


Por
Publicado em 09/01/2018 às 21:33:10

Daniel embarca amanhã para intercâmbio nos EUA Foto: Cléber Júnior / Agência O Globo
Daniel embarca amanhã para intercâmbio nos EUA Foto: Cléber Júnior / Agência O Globo

O sonho de fazer a faculdade de Biologia nos Estados Unidos pode estar mais perto para o estudante Daniel de Fúcio Fernandes, de 18 anos. O ex-aluno do Ciep 117 — Carlos Drummond de Andrade — Intercultural Brasil-Estados Unidos, localizado em Comendador Soares, em Nova Iguaçu, foi um dos selecionados no Programa Jovens Embaixadores 2018 e fará um intercâmbio de três semanas na terra do Tio Sam.

— Passei por uma bateria de provas e fui selecionado. Quero aproveitar a oportunidade para conseguir vagas acadêmicas em alguma universidade de lá. Penso em fazer Biologia — diz o o jovem, que concluiu o ensino médio no fim do ano passado.

Daniel já inicia sua jornada rumo ao EUA amanhã, quando viaja para Brasília, onde vai se juntar aos 50 alunos de todo o país que participarão da iniciativa. Na sexta-feira, o grupo embarca para a América do Norte. O iguaçuano vai vivenciar de perto a realidade deles no estado de Oklahoma e em Washington, capital federal.

professores de nova iguacu 300x200 - Jovem de Nova Iguaçu é selecionado em programa para intercâmbio nos EUA

No fim do intercâmbio, Daniel terá que propor a solução de um problema, mas para ser aplicada no seu cotidiano.

— Lá, eu vou participar de trabalhos voluntários. Quando voltar quero implementar algum projeto aqui dentro da escola — afirma.

A unidade, aliás, é reconhecida também pela inventividade de seu corpo docente. O professor de química Antônio Roberto Petali Júnior, com seus alunos, construíram uma centrífuga, uma estufa e um destilador reutilizando materiais recicláveis para montar um laboratório de Ciências para práticas pedagógicas.

Os experimentos ficaram em 1º lugar da 4ª edição do Prêmio de Educação Científica, oferecido pela Shell. Como troféu, Antônio ganhou um intercâmbio na Inglaterra, onde participará de palestras, visitas a museus e instituições renomadas de educação, entre outras atividades.

— Utilizamos diversos materiais, como borracha, garrafas pet, papelão e até um motor de máquina de lavar que ia para o lixo para construir os equipamentos, tudo utilizando conhecimentos de Matemática e de Ciências. Se fossemos comprar no mercado, cada instrumento custaria cerca de R$ 3 mil — explica o professor.

Dentro da categoria Ensino Fundamental II, do mesmo prêmio, o 2º lugar ficou com Emerson de Souza Queiroz, do Ciep 394 – Vereador Cândido Augusto Ribeiro Neto, no bairro Rosa dos Ventos. Ele desenvolveu uma brincadeira de taco para ensinar função polinomial do 2° grau, reunindo a Matemática, o lúdico e a tecnologia. Augusto também irá para a Inglaterra.

Por Equipe iRJO

Acompanhe o autor

Siga-me

NOTÍCIAS SOBRE

alunointercambionova iguaçu

DEIXE SEU COMENTÁRIO


© 2013 - 2018 copyright. Todos os direitos reservados a equipe IRJO.

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações por qualquer meio sem a prévia autorização da instituição. Dúvidas? Entre em contato e/ou Consulte LEI Nº 9.610, de 19 de FEV de 1998.

Pololítica de Privacidade